Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

VÍDEO: A turma do bem

Voluntariado

  • 333

Uma ideia vinda do Brasil já zela pela saúde oral de 1000 jovens portugueses com menos de 18 anos

O filme contra a história de Alícia, uma menina de 12 anos com problemas dentários graves. "Uma boca que parece um cemitério", dizia a mãe. "Dentes que cresceram uns para a frente e outros para trás", diziam os colegas.  O seu problema é contado em 18 minutos no Lá e Cá, o primeiro documentário feito pela Turma do Bem (TdB), em Portugal.

A Turma do Bem, de que fala o filme, não é nada mais nada menos do que um grupo de dentistas que presta assistência, em regime de voluntariado, a quem precisa muito, mas não pode pagar. Alícia, a jovem portuguesa, foi selecionada pela Organização Não Governamental para fazer o tratamento da sua boca. Criada em São Paulo em 1995, a TdB chegou a Portugal em 2010, a convite da Fundação EDP, mas está em 12 países.

Em 2013, o número de portugueses ajudados por esta turma de dentistas (e não só), atingiu os quatro dígitos. Mil jovens até aos 18 anos, oriundos de famílias carenciadas foram encaminhados para a cadeira de um especialista voluntário.

Em pouco mais de dois anos, foram 400 os médicos dentistas portugueses que aderiram à rede do Bem, espalhando sorrisos de Norte a Sul do País. E uma portuguesa já foi, inclusivamente, distinguida como a Melhor Dentista Internacional: Madalena Coelho Penha, coordenadora do projeto Dentista do Bem na cidade do Porto, foi uma das vencedoras do Sorriso do Bem 2012, um evento promovido todos os anos pela TdB.

D.R.