Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

VÍDEO: Ramos Horta doa metade do salário

Os nossos heróis

  • 333

As crianças portuguesas do Instituto de Apoio à Criança vão beneficiar da solidariedade de José Manuel Ramos Horta, ex-Presidente da República de Timor-Leste

Foi Prémio Nobel da Paz em 1996, mas a sua veia solidária não se esgotou aí. José Manuel Ramos Horta, 63 anos, ex-ministro dos Negócios Estrangeiros, antigo chefe de Estado timorense e representante do Secretário-Geral das Nações Unidas para a Guiné Bissau tem vindo a doar parte do seu salário a várias causas sociais.

Este ano, de acordo com uma notícia do semanário Expresso, o beneficiário vai ser o português Instituto de Apoio à Criança, fundado em 1983 e dirigido por Manuela Eanes. O IAC tem como vice-presidente a colunista da VISÃO Solidária Dulce Rocha.

Não é a primeira vez que Ramos Horta doa uma parte do salário. Em 2010, cinco instituições de caridade timorenses receberam, ao longo de vários meses, metade dos cinco mil dólares (3.700 euros, na altura) do seu vencimento de Presidente da República.

Cada uma das cinco organizações - Madres Canossianas de Iliomar, Irmãs Franciscanas de Calcutá, Clínica do Bairro Pité, grupo de jovens "Hadomi Ambiente" e Fundação Mota Bandeira - recebeu, em 2010, 500 dólares.

Ramos Horta fotografado pela VISÃO

Ramos Horta fotografado pela VISÃO

Marcos Borga