Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Heróis, precisam-se

Os nossos heróis

  • 333

Foto de família dos vencedores premiados em 2012

Marcos Borga

Os vencedores do prémio da VISÃO Solidária, Os Nossos Heróis, em 2012, fazem contas ao impacto do galardão nos seus projetos. O prazo das candidaturas para a 2.ª edição foi alargado até 4 de outubro

'O efeito do prémio não se limita ao dia em que o recebemos, prolonga-se muito para lá desse momento", assegura o médico dentista Miguel Pavão, 32 anos, o Herói do Ano distinguido com o prémio Os Nossos Heróis, da VISÃO e Montepio, no ano passado.

Miguel criou a Mundo a Sorrir (MAS), uma instituição que presta cuidados de saúde oral em Portugal e em alguns países de África, há sete anos, depois de trocar a sua viagem de finalistas por uma missão de voluntariado da Ilha do Fogo, em Cabo Verde.

Hoje, a MAS conta com mais de 600 voluntários, entre dentistas e higienistas orais.

É de histórias inspiradoras como a do médico portuense que a VISÃO e o Montepio estão à procura. Na categoria Herói do Ano, o objetivo consiste em distinguir uma pessoa que desenvolva projetos sociais em prol da comunidade. Também serão premiadas empresas que invistam na responsabilidade social e sejam exemplos de cidadania.

As participações podem ser enviadas pelos próprios (no caso das empresas), mas é habitual chegarem através de pessoas que apreciam os projetos ou deles beneficiam.

Foi o caso da Eurico Ferreira, uma empresa da Trofa que se dedica à construção de infraestruturas de telecomunicações, eletricidade e energias renováveis. A vitória na categoria Empresa do Ano seria ainda mais surpreendente porque a candidatura partiu da Associação de Solidariedade e Ação Social de Santo Tirso (ASAS), que apoia crianças e jovens em risco, e conta com a ajuda daquela firma, há sete anos.

Boa vontade não chega

A responsável pela direção de sustentabilidade da Eurico Ferreira, Marisa Costa, 33 anos, reconhece a visibilidade que o prémio deu à empresa, mas elege como maior benefício "o contacto com outros projetos vencedores de gente jovem". Um bom exemplo é a relação que criaram com o Coração na Rua, fundado por Bárbara Silva, 19 anos, Menção Honrosa na categoria individual. Já vários elementos da Eurico Ferreira participaram em ações de apoio aos sem-abrigo, promovidas pelo movimento que surgiu no Porto, através de uma página do Facebook, e que já soma mais de cem voluntários.

Bárbara Silva destaca o apoio da Eurico Ferreira e de outras empresas, depois de saberem da distinção em Os Nossos Heróis, como a maior vantagem que sentiu. No caso da Resiquímica (Menção Honrosa de Empresa do Ano), fabricante de matérias plásticas em Sintra, o principal efeito foi a "motivação interna" dos colaboradores.

O fundador do Movimento 1 Euro, Bernardo Teixeira da Motta, 29 anos, prepara-se para usufruir de um dos galardões atribuídos aos heróis individuais: um curso de gestão de projetos sociais num programa do IES powered by INSEAD, o mais conceituado centro de investigação em empreendedorismo social. "Acho que me vai ajudar a tornar o movimento mais eficaz." Afinal, "só boa vontade não chega", acredita o empresário, que pede aos internautas que doem 1 euro por mês a causas sociais.

Os cursos ministrados pelo IES abordam áreas tão importantes como o financiamento ou a maximização do impacto social.

 

Os prémios comuns para vencedores individuais e coletivos são o troféu, desenhado pelo arquiteto Souto Moura, laureado com o Pritzker 2011, e a possibilidade de verem as suas histórias contadas na VISÃO. Até 4 de outubro, aguardam-se mais candidatos com coragem para fazerem a diferença.

As dúvidas dos leitores

Muitos leitores solidários têm feito chegar à VISÃO dúvidas relacionadas com o prémio Os Nossos Heróis. Três pontos que importa esclarecer:

1. O prémio é para indivíduos ou empresas, o que significa que as associações só podem concorrer através de um dos seus associados, voluntários ou fundadores;

2. Todos os documentos (incluindo as fotos) podem ser enviados por correio tradicional ou eletrónico;

3. A forma mais direta de aceder ao site da VISÃO Solidária, em que estão disponíveis o formulário e o regulamento, é clicando em visao.sapo.pt/solidaria.