Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

O Orgulho português

Bárbara Silva

  • 333

Tenho orgulho da minha Pátria, das dificuldades que enfrentamos todos juntos e da união cada vez mais evidente

Tenho orgulho de todos aqueles que partiram em busca de melhores condições e que, mesmo longe, arranjam maneira de ajudar quem precisa. Tenho orgulho de ver pessoas com extrema dificuldade mas que não cruzam os braços.

Somos portugueses, está tudo dito!

Lamento ver, na rua, estudantes universitários a comerem e a procurarem os voluntários para receberem uma sopa. Mas ao mesmo tempo orgulho-me pela atitude de, estando num país distante, lutarem pelos seus sonhos e omitirem essas dificuldades para não preocuparem os pais.

Lamento ver cada vez mais famílias na rua à procura de comida. Mas ao mesmo tempo penso: Que solução teriam ou têm? Entregarem os filhos a instituições a quem as verbas foram cortadas e que já não têm capacidade de responder a tantos pedidos? Força e amor de pais que procuram soluções junto de quem ainda os pode ajudar.

Tenho orgulho em ser portuguesa e voluntária e notar que quem pode ajudar o faz de uma forma ainda mais determinada e assídua. Tenho orgulho em quem quem reivindica os seus direitos e denuncia injustiças.

Com tanto orgulho e alguns lamentos, continuo à espera de quem prometeu o arco íris e dias melhores, mas esses continuam bem e cada vez mais cinzentos. Das promessas feitas em campanhas e que agora parecem ser renegadas para 2º plano. Ainda não tiveram tempo? Então e o trabalho de casa, não foi feito? Palavras leva-as o vento. Passemos às atitudes e ações esperadas. Aí sim, o orgulho seria completo: ver um país inteiro preocupado com quem nada ou pouco tem, que se preocupa com o próximo.

Tenho orgulho de todos os voluntários "formiguinhas" que lutam por cada pessoa que precisa de ajuda, que vão para o terreno, que deixam as palavras de lado e partem para ajudar. Que venha o arco íris, porque o cinzento aumenta de dia para dia.

Orgulhem-se de fazerem a diferença, comecem hoje a olhar e a pintar a vida de alguém com uma cor diferente. Quem está na rua ou nela nos procura não precisa de piedade, precisa de uma cor diferente que a faça ter esperança e da ajuda que muitas vezes é negada. 

Comece hoje. Com e de coração na rua.

https://www.facebook.com/coracaonarua

Experimente, pinte o seu arco íris e partilhe-o!