Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Universidade de Vila Real cria praxes solidárias

Juniores e Seniores

  • 333

Imagem de arquivo

José Carlos Carvalho

Angariação de alimentos, peditórios e recolha de lixo são algumas das iniciativas que vão mobilizar os caloiros da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro até ao final de outubro

O desafio foi lançado pelo reitor da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), Fontainhas Fernandes, e a Associação Académica e Conselho de Veteranos respondeu à altura.

Os novos alunos da UTAD serão convidados a participarem em "atividades de inclusão com características solidárias".

Uma das atividades, por exemplo, será uma sessão de fotografia dinamizada por alunos do curso de Comunicação. No final, as melhores fotos serão vendidas e o dinheiro angariado será doado para apoiar crianças que lutam contra o cancro.

Os estudantes de teatro vão apresentar pequenos espetáculos de animação aos utentes da Associação de Paralisia Cerebral.

Também estão previstas campanhas de recolha de alimentos que serão, depois, distribuídos por Instituições Particulares de Solidariedade Social da região.

Como a universidade está instalada junto a um jardim botânico, os caloiros também vão participar em operações de limpeza.

No âmbito da "nova praxe" da UTAD, será criado um sistema de tutoria para os estudantes do 1.º ano.

Na primeira fase de candidaturas ao ensino superior, a universidade recebeu 1057 novos alunos, o que corresponde a 80% das vagas.