Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Jovens de bairros problemáticos ajudam a promover a saúde mental

Juniores e Seniores

  • 333

Imagem de arquivo

Marcos Borga

Até 2015, um grupo de jovens dos 10 aos 12 anos vai aprender a lidar melhor com os seus problemas e a ajudar miúdos da mesma idade

Irritabilidade, má educação ou violência são algumas das manifestações habituais dos jovens com depressão. Muitos não têm acesso ao acompanhamento necessário, e é essa realidade que o projeto Young Health Programme - Like ME quer alterar.

Cerca de 150 jovens integrados no programa Escolhas, que promove a inclusão social em contextos socioeconómicos vulneráveis, serão acompanhados pela equipa da organização não governamental Médicos do Mundo, com o apoio da multinacional farmacêutica AstraZeneca.   

Um dos principais objetivos é formar jovens que sejam capazes de dar continuidade ao projeto, ajudando outros miúdos da sua idade. A autoestima é um conceito chave da iniciativa, que pretende desenvolver a confiança e a expressividade dos jovens.

Na fase inicial é feito o diagnóstico da situação dos participantes. O segundo passo será a realização de oficinas temáticas, um campo de férias e, até, de uma minissérie sobre o tema da saúde mental. O projeto termina com a publicação de um estudo sobre os seus resultados e um manual de boas práticas.

Atualmente, o projeto está a ser desenvolvido em 15 países mas, até 2015, deverão somar-se mais dez. O número de jovens apoiados será de 500 mil em todo o mundo.