Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Festival Vilar de Mouros será organizado por IPSS no próximo ano

Juniores e Seniores

  • 333

Campismo do Festival Vilar de Mouros em 2006

Fernando Fontes

Depois de oito anos de interregno, o festival regressa entre 31 de julho e 3 de agosto de 2014. A organização estará a cargo da Junta de Freguesia de Vilar de Mouros e da Associação dos Amigos dos Autistas

A história do "Woodstock português", como muitos chamam ao festival Vilar de Mouros, tem sido feita de paragens de regressos.

Desta vez, o festival regressa ao fim de oito anos de interregno e com um modelo único: a IPSS Associação dos Amigos dos Autistas (AMA) estará envolvida na organização e os lucros do evento serão usados para construir um edifício multifuncional em Viana do Castelo que aumente a capacidade de resposta da instituição.

A Junta de Freguesia de Vilar de Mouros (Caminha) também fará parte da organização. Um dos seus principais contributos será a cedência dos terrenos onde se realiza o festival.

As primeiras bandas do cartaz só serão anunciadas em setembro, mas a organização revelou que pretende apostar em novas bandas nacionais e internacionais.

Beneficiando da proximidade com a fronteira espanhola, as bandas também serão apresentadas em Espanha e em Portugal haverá concertos por todo o país, em jeito de antevisão do festival.

Além da música, Vilar de Mouros também contará com teatro, artesanato e gastronomia.

A primeira edição do festival realizou-se em 1971. Um dos nomes fortes do cartaz era Elton John. A segunda edição só se realizou 11 anos depois e contou a presença dos U2. Em 1996 o festival realizou-se pela terceira vez. O período mais estável seria entre 1999 e 2006, data do último festival.

O próximo será entre 31 de julho e 3 de agosto de 2014.