Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Estudante portuguesa inventa dispositivo portátil que deteta tipo de sangue

Juniores e Seniores

  • 333

Microsoft

Ana Ferraz é a vencedora do Imagine Cup 2013, uma competição com fins sociais promovida pela Microsoft. A aluna de doutoramento inventou uma aplicação capaz de descobrir o tipo de sangue em cinco minutos

For a better world (por um mundo melhor) é o nome do projeto que a aluna de doutoramento da Universidade de Minho apresentou a concurso na Microsoft Imagine Cup 2013, a maior competição de tecnologia com fins sociais do mundo.

Ana Ferraz usou as novas tecnologias, e o software da marca, para criar um dispositivo portátil capaz de detetar o tipo de sangue em cinco minutos. Um sistema que pode ajudar os profissionais de saúde a atuar com mais rapidez em cenários de emergência, facilitando as transfusões.  

A vencedora vai receber um prémio monetário de três mil euros, atribuído com o apoio da Fundação EDP.

Além disso, terá a responsabilidade de representar Portugal na final internacional da Imagine Cup, que se realiza em São Petersburgo, Rússia, de 8 a 11 de julho.

A competição mobiliza cerca de 350 mil estudantes de mais de 100 países. A iniciativa pretende estimular os jovens a refletirem sobre a melhor forma de usar as tecnologias para resolver problemas da humanidade.

No ano passado, Portugal ficou em 3.º lugar na grande final que se realizou na Austrália.