Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Bonecos solidários ajudam crianças

Juniores e Seniores

  • 333

DR

A venda de três brinquedos reverte inteiramente para as Aldeias SOS, que também vão receber jogos e bonecos em segunda-mão

As Aldeias SOS já estão a pensar no Natal das crianças que acolhem. De 27 de outubro a 25 de novembro decorre uma campanha de angariação de fundos e de brinquedos.

A cadeia de lojas portuguesa Dreamy World é a parceira da iniciativa. Nas suas lojas das Amoreiras (Lisboa), Rio Sul Shopping (Seixal) e Fórum Sintra estão à venda três brinquedos solidários. Um boneco da coleção Littlest Pet Shop, um capacete do Homem Aranha e uma coleção de bonecos dos desenhos animados Manny Mãozinhas.

Além da angariação de fundos através da venda destes bonecos, a Dreamy World também está a receber brinquedos usados, em bom estado, que serão entregues nas Aldeias SOS.

Sobre as Aldeias SOS

Em 48 anos de existência, a instituição já albergou quase 500 crianças e jovens.

A primeira Aldeia SOS de Portugal foi inaugurada em Bicesse, Cascais. Atualmente, existem mais duas, em Vila Nova de Gaia e na Guarda, e dois apartamentos em Rio Maior e Alcântara (Lisboa).

As crianças acolhidas pela instituição vivem com uma "mãe social", e com outros jovens, com quem se relacionam como irmãos. Quando existem laços de sangue entre eles, ficam sempre juntos na mesma família SOS.

Nas aldeias, cada família tem a sua casa, e as suas próprias regras e rotinas, recriando ao máximo um ambiente familiar estruturado. A associação conta com o apoio de dezasseis mães solidárias, que tomam conta das cerca de 120 crianças e jovens acolhidas.

Os apartamentos de autonomia foram criados para albergarem adolescentes de famílias carenciadas que saíram de casa para frequentarem cursos de formação profissional ou universitários.