Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Beira Interior cria fundo para alunos

Juniores e Seniores

  • 333

Imagem de arquivo

DR

A Universidade da Beira Interior (UBI) criou um fundo para suportar propinas, alojamento, alimentação ou cuidados médicos de alunos carenciados que colaborem com a instituição

A medida faz parte do Fundo de Apoio Social aos estudantes de 1.º e 2.º ciclo e mestrado integrado da UBI, cujo regulamento foi assinado na segunda-feira pelo reitor, João Queiroz, e que entra em vigor este ano letivo.

Os alunos devem cumprir tarefas como "zelar por alguns espaços, como pavilhões, bares", ou apoiar a UBI "no alargamento de horários das bibliotecas" para depois terem acesso aos benefícios, explicou o reitor à agência Lusa.

O limite máximo da ajuda é igual "ao valor da propina definida para o ano letivo correspondente".

O estudante pode optar por receber o apoio "em senhas de refeição ou redução do preço no alojamento em residências da universidade", refere o regulamento.

Até agora, eram dadas respostas "caso a caso" às situações de carência detetadas entre os estudantes, sendo que o novo fundo "é um mecanismo objetivo e transparente", disse João Queiroz.

O fundo "vai funcionar com receitas próprias da universidade", ou seja, complementa os apoios prestados pelas bolsas de ação social e destina-se a alunos carenciados, sejam bolseiros ou não.

Os critérios de seriação de candidatos vão ser, por esta ordem, a insuficiência económica, o aproveitamento escolar e a fase do percurso académico para conclusão do ciclo de estudos.

O regulamento prevê ainda que a cooperação em tarefas da instituição seja sempre compatível "com as atividades letivas por forma a não afetar o sucesso escolar".

Não uma há previsão de quantos alunos o fundo poderá abranger, mas João Queiroz esclareceu que "vai ser necessário captar apoios externos e angariar verbas para ir tão longe quanto for possível".

O Fundo de Apoio Social vai ser divulgado através de uma campanha a lançar na UBI no início do ano letivo, a partir de 10 de setembro.