Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Acampamento de escutas solidários

Juniores e Seniores

  • 333

Dádivas de sangue e inscrições para dadores de medula óssea são algumas das atividades que vão ser promovidas no Acampamento Nacional de Escuteiros que começa no próximo sábado  

Os Escuteiros são conhecidos pela sua devoção à comunidade e pelo seu espírito de entreajuda e, no próximo Acampamento Nacional de Escuteiros (ACANAC), vão fazer justiça aos seus epítetos.

Entre os dias 5 e 9 de agosto o Instituto Português do Sangue e da Transplantação terá uma delegação permanente no hospital de campanha do acampamento pronta a receber as dádivas de sangue dos escuteiros inscritos no ACANAC.

O encontro realiza-se em Idanha-a-Nova, Castelo Branco, e vai reunir mais de 17 mil jovens de todo o país.

Os lobitos (6 a 10 anos), exploradores (10 a 14 anos) e pioneiros (14 a 18 anos) não são elegíveis como dadores, já que é obrigatório ter entre 18 e 65 anos.

Os 2100 caminheiros e os 700 adultos que vão estar no acampamento são o público-alvo da campanha. Será feito um breve exame médico no local para garantir que podem ser dadores de sangue e, através do preenchimento de um questionário, os candidatos poderão registar-se na lista nacional de dadores de medula óssea.

Também será realizado um peditório para angariar fundos destinados a ajudar um colaborador invisual dos Serviços Centrais que está a fazer tratamentos para recuperar a visão na Índia.

Vão ser instaladas mais de 3400 tendas para acomodar os escuteiros solidários que, este ano, realizam o encontro nacional sob o lema: "educar para a via".