Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Usar o IRS para fins solidários sem gastar um cêntimo

Economia Social

  • 333

As instituições de solidariedade social voltam a apelar aos contribuintes para doarem parte do IRS. Saiba como o pode fazer

Em 2012, o número de contribuintes que doaram parte do IRS a instituições de solidariedade aumentou 16,8%, face ao ano anterior. Este ano, as IPSS, instituições religiosas ou entidades com estatuto de utilidade pública voltam a apelar aos contribuintes para consignarem parte do IRS em benefício da solidariedade.

O donativo de 0,5% é retirado do imposto a entregar ao Estado e não do re-embolso, ou seja, não tem qualquer custo associado para o contribuinte.

Para doar, basta preencher o quadro 9 do anexo H do formulário. É preciso indicar o número fiscal da instituição que vai receber o dinheiro.

A lista de organizações elegíveis pode ser consultada na página do Portal das Finanças (http://info.portaldasfinancas.gov.pt/NR/rdonlyres/14AC8CD5-EF4C-4D73-A704-F44B0BD0541C/0/2012_20130228.pdf).