Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Tecnologia ao serviço dos jovens da Cova da Moura

Economia Social

Crianças da Associação Moinho da Juventude (Foto de Arquivo)

Inácio Ludgero

Numa altura em que se assinala a Semana da Responsabilidade Social, a Gatewit assina um protocolo de apoio à mais famosa instituição social que atua no Bairro Cova da Moura: Moinho da Juventude

Esta não é a primeira aventura da Gatewit - empresa portuguesa líder no desenvolvimento de plataformas de compras eletrónicas - na área da solidariedade, mas vem reforçar a vertente da ética corporativa da empresa.

Esta semana, que é também a semana da Responsabilidade Social, a Gatewit pôs em marcha um novo protocolo com a Associação Moinho da Juventude, situada na Cova da Moura, para dar 32 horas de formação a jovens na área das novas tecnologias , doar materiais de escritório, oferecer estágios, organizar ações de voluntariado e recuperar espaços comuns no bairro.

"Para nós, é fundamental motivarmos a nossa equipa para se manter próxima da comunidade onde está inserida, ajudando a desenvolvê-la. A tecnologia e os meios de comunicação têm um papel preponderante no que se refere à globalização. Enquanto empresa líder no setor das Tecnologias de Informação, defendemos que a tecnologia deve ser utilizada em prol da melhoria das condições da população carenciada", afirma Pedro Vaz Paulo, da Gatewit.

Este acordo implicará o envolvimento de toda a equipa da empresa em ações de voluntariado, donativos ou sessões de transmissão de conhecimento, reforçando a área da responsabilidade social. Em 2012, a empresa formou 42 crianças e em 2013 doou perto de 1600 euros em material à associação e a crianças que sofrem de espinha bífida.

O Moinho da Juventude é um projeto comunitário criado pelos próprios moradores para dar respostas conjuntas a problemas comuns. Existe, com escritura pública, desde 1987, mas só em 2010 se constituiu como ONG.