Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Energia Solidária

Economia Social

  • 333

Galp lança protocolo que garante descontos nas faturas de combustível, eletricidade e gás natural de instituições de solidariedade social

Porque a crise toca a todos, mas as instituições de solidariedade social lidam de muito perto com ela, a Galp Energia desenhou um protocolo que permitirá à União das Misericórdias Portuguesas, à União das Mutualidades Portuguesas e à Confederação Nacional de Instituições de Solidariedade Social (assim como aos seus três mil associados) terem acesso a preços mais baratos de combustível, eletricidade e gás natural.

O primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, o ministro Pedro Mota Soares e os presidentes das três organizações beneficiárias dos descontos testemunharam a assinatura deste protocolo no dia 20 de novembro, na sede da Galp Energia, numa cerimónia presidida por Manuel Ferreira De Oliveira (da Galp).

No que diz respeito ao combustível, as institutições poderão pagar até menos sete cêntimos por litro e receberão, a cada semestre, um valor em combustível correspondente a 2 cêntimos por cada litro do consumo efetuado pelas suas associadas nesses seis meses.

No caso da eletricidade, os descontos podem ir até 7% face ao preço de referência da Galp Energia para instalações em BTE (baixa tensão especial) e MT (média tensão) com consumos até 1GWh/ano.

No gás natural o desconto será de 3% no termo fixo para instalações com consumos entre 10.000 e 100.000 m3/ano.