Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

VÍDEO: Campanha convida jovens a não fazerem like no bullying homofóbico

Campanhas

  • 333

Campanha governamental alerta para as consequências psicológicas do bullying homofóbico

Dislike bullying homofóbico é o nome da campanha lançada pela Comissão Para a Igualdade de Género. O objetivo é alertar os jovens para as consequências deste tipo de comportamento agressivo, baseado na orientação sexual.

O bullying está associado a tendências depressivas e a uma dolorosa desintegração social das suas vítimas, que se reflete na baixa autoestima e no fraco desempenho escolar.

O site da campanha dá conselhos para superar o problema aos jovens, pais, docentes e também impele as testemunhas destes atos a girem. Também está disponível uma lista das instituições que podem ajudar os jovens em risco.

A Secretária de Estado dos Assuntos Parlamentares e da Igualdade, Teresa Morais, explicou que o objetivo é "recolher a adesão de todas as pessoas, de todos os quadrantes imagináveis, perante um sofrimento evidente que podemos evitar pela tolerância face às diferenças, pelo respeito destas diferenças, pelo respeito - afinal - pelos direitos humanos de todas as pessoas".
Imagem de arquivo

Imagem de arquivo

Alexandre Bordalo