Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Quer ajudar a construir uma escola?

Campanhas

  • 333

A associação portuguesa Leigos para o Desenvolvimento está a recolher donativos para a construção de uma escola em Timor-Leste

O calendário indica que faltam 40 dias para o fim do peditório (que termina a 31 de julho). Até lá, a Leigos para o Desenvolvimento (LD) espera angariar cerca de 15 mil euros que vão servir para um grupo de mães empreendedoras recuperarem a pré-escola Santo Inácio, em Díli.

Todos os donativos são bem-vindos. Só com um 1 euro é possível comprar um tijolo, 5 euros valem um saco de cimento, 25 um camião de areia e 75 uma janela.

Até agora, a campanha já conseguiu reunir metade do valor total da obra.

O telhado da sala polivalente representa a maior fatia do orçamento: 3765 euros.

Para angariar este montante, a Leigos resolveu lançar um apelo online através da plataforma PPL, que permite apresentar projetos à comunidade e angariar donativos através de financiamento público (chamado de crowdfunding).

A LD desenvolve ações de voluntariado em Timor há 12 anos e, desde 2010, acompanha o trabalho de um grupo de mães que resolveu unir-se para garantir a sobrevivência da pré-escola Santo Inácio, em Díli, onde estudam cerca de 70 crianças. 

O Clube das Mães, como se intitulam, produz e vende peças artesanais para financiar a escola, que privilegia o ensino em Língua Portuguesa. As obras na sala polivalente, que será usada como oficina para as mães trabalharem e sala de professores, serão fundamentais para finalizar o processo de reconhecimento oficial da instituição por parte do Ministério da Educação timorense.  

Para contribuir, basta seguir a hiperligação http://ppl.com.pt/pt/prj/escola-timor ou fazer uma transferência bancária para o NIB 0035 0413 00038412 530 04.

 

Sobre a Leigos para o Desenvolvimento

A Leigos para o Desenvolvimento (LD) é uma instituição sem fins lucrativos, reconhecida como Organização Não-Governamental de Cooperação para o Desenvolvimento (ONGD). Esta associação católica desenvolve missões de voluntariado em S. Tomé e Príncipe, Angola, Moçambique, Timor e Portugal, com a duração mínima de um ano.

Os voluntários dedicam-se, essencialmente, a projetos na área da educação, saúde e auxílio a organizações da sociedade civil locais.

Neste momento, estão no terreno 19 voluntários. Sete em São Tomé e Príncipe, oito em Angola, quatro em Moçambique e há ainda uma técnica contratada a desenvolver um projeto em Timor.

Em 25 anos de história, já partiram 350 pessoas para ajudar. Os interessados em participar nas missões da LD encontram a informação necessária em http://www.leigos.org/.