Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Peluches levam crianças à escola

Campanhas

  • 333

Até ao dia 24 de dezembro, por cada peluche comprado no IKEA é doado 1 euro para financiar projetos educativos. Também serão doados bonecos aos hospitais nacionais 

Raposas, ouriços-cacheiros, ursos, corujas... Os animais da floresta estão prontos para ajudarem mais crianças a terem acesso a escolas com boas condições e a professores bem preparados.

A campanha Peluches para a Educação decorre até 24 de dezembro. O médico e cientista Manuel Sobrinho Simões é o padrinho da 9ª edição da iniciativa.

O preço dos bonecos varia entre um e 16 euros. Desse valor, um euro será doado às instituições UNICEF e Save the Children, que desenvolvem projetos para a melhoria das condições de acesso à educação de crianças de todo o mundo.

O livro infantil O ouriço-cacheiro sai de casa também faz parte da campanha e é outra das opções para quem quiser ajudar.

O objetivo é angariar 125 mil euros nas lojas de Alfragide, Loures e Matosinhos.   

No ano passado, a Fundação IKEA angariou 12,4 milhões em todo o mundo, o valor mais elevado de sempre.

Desde a criação da campanha, há 9 anos, já foram doados mais de 47,5 milhões de euros, que chegaram a 8 milhões de crianças espalhadas por 45 países.

Ao mesmo tempo, decorre a campanha de oferta de peluches às crianças internadas em alguns hospitais nacionais. A entrega fica a cargo do IKEA, que fará chegar as ofertas dos clientes à Maternidade Alfredo da Costa, Hospital D. Estefânia, IPO de Lisboa, Hospital Santa Maria, Hospital Garcia de Orta, Hospital S. João, Hospital Pedro Hispano, Hospital Santo António, Maternidade Júlio Dinis e Hospital de Faro. 

 

Sobre a Fundação IKEA

A instituição foi criada para pôr em prática os projetos de responsabilidade social da marca de mobiliário sueco. Atua em quatro áreas fundamentais da vida de uma criança: um lugar a que possam chamar casa, um início de vida saudável, educação de qualidade e rendimento familiar sustentável. Duas das suas maiores parceiras são as organizações UNICEF e a Save the Children, das quais é o principal doador empresarial.