Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Os esfregões são os novos melhores amigos das Aldeias SOS

Campanhas

  • 333

Imagem de arquivo

DR

Até 31 de maio, alguns esfregões vão render 5 cêntimos às Aldeias SOS. Saiba quais são 

A campanha foi pensada no âmbito do Dia da Mãe, que se celebra, este ano, a 5 de maio. Mas já está a decorrer e prolonga-se até ao final do mês de maio.

Por cada esfregão vendido, a Scotch-Brite doa cinco cêntimos às Aldeias de Crianças SOS.

O presidente da instituição, Raúl Esteves, não esconde o entusiasmo perante a campanha: "Com a 3M [proprietária da Scotch-Brite] ao nosso lado estamos mais preparados para fazer face às dificuldades e manter o compromisso de dar um lar e amor a cada criança que acolhemos. É-nos difícil pôr em palavras um agradecimento que soará sempre exíguo em confronto com tudo o que a empresa tem feito pelas crianças e jovens SOS."

Em quase cinquenta anos de existência, a instituição já albergou quase 500 crianças e jovens.

A primeira Aldeia SOS de Portugal foi inaugurada em Bicesse, Cascais. Atualmente existem mais duas, em Vila Nova de Gaia e na Guarda, e dois apartamentos em Rio Maior e Alcântara (Lisboa).

As crianças acolhidas pela instituição vivem com uma "mãe social", e com outros jovens, com quem se relacionam como irmãos. Quando existem laços de sangue entre eles, ficam sempre juntos na mesma família SOS.

Nas aldeias, cada família tem a sua casa, e as suas próprias regras e rotinas, recriando ao máximo um ambiente familiar estruturado. A associação conta com o apoio de dezasseis mães solidárias, que tomam conta das cerca de 120 crianças e jovens acolhidas.

Os apartamentos de autonomia foram criados para albergarem adolescentes de famílias carenciadas que saíram de casa para frequentarem cursos de formação profissional ou universitários.