Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Medicamentos a metade do preço

Campanhas

  • 333

Protocolo entre câmara de Cascais, IPSS's e farmácias do concelho faz baixar faturas de utentes em dificuldades

A partir de meados do mês de dezembro, algumas família residentes no conselho de Cascais vão passar a ter uma comparticipação da autarquia nas faturas da farmácia.

Tudo porque a câmara assinou um protocolo com 15 instituições de solidariedade social e com dois terços das 43 farmácias da região em que se compromete a pagar 50% dos consumos das famílias mais pobres.

A verba disponibilizada para 2013 ronda os 60 mil euros. Até aqui, uma campanha parecida com esta envolvia apenas dez farmácias de Cascais e apoiava pessoas com mais de 65 anos (com uma verba total de seis mil euros).

No ano passado, foram beneficiados 32 indivíduos por esta ação, sem incluir outros apoios dados através de rastreios do colesterol, da glicémia ou da tensão arterial.

"Rapidamente decidimos que queríamos ser mais ambiciosos e chegar a mais pessoas. Agora, vamos nós criar condições para disponibilizarmos esta verba de 60 mil euros", disse Frederico Pinho de Almeida, vereador da Ação Social da Câmara de Cascais, na cerimónia da apresentação do protocolo.

"As farmácias são uma âncora, uma rede que funciona bem e que não podemos destruir", acrescentou o representante das farmácias de Cascais, João Silveira.