Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Cantinas sociais

Campanhas

  • 333

José Carlos Carvalho

Vai haver oito refeitórios sociais em Odemira e 33 no concelho de Beja 

O concelho de Odemira vai dispor de oito cantinas sociais para fornecer refeições gratuitas a famílias carenciadas, que vão ser criadas em instituições particulares de solidariedade social (IPSS), através do Programa de Emergência Alimentar do Governo.

Os equipamentos, inseridos na Rede Solidária de Cantinas Sociais, resultam de protocolos assinados entre o Centro Distrital de Segurança Social de Beja e IPSS do concelho de Odemira e fazem parte do total de 33 cantinas sociais a criar no distrito de Beja, explica o município de Odemira, em comunicado enviado hoje à agência Lusa.

Segundo a autarquia, os protocolos contemplam a atribuição de apoios do Estado para as instituições servirem nas suas cantinas refeições diárias gratuitas às famílias mais carenciadas do concelho de Odemira.

As cantinas vão ser criadas na Associação Humanitária D. Ana Pacheco em Sabóia, na Associação de Reformados e Idosos da Freguesia de S. Teotónio e na Associação de Solidariedade Social de Vila Nova de Milfontes/Infantário Lápis de Cor Sonhador.

As casas do povo de S. Martinho das Amoreiras, de S. Luís e de Relíquias, o Infantário Nossa Senhora da Piedade e a Santa Casa da Misericórdia de Odemira são as outras IPSS onde vão ser criadas cantinas sociais.