Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Vereador disponibiliza terrenos da família para a criação de hortas sociais

Atualidade

  • 333

Imagem de arquivo

Marcos Borga

Os interessados podem ter direito a talhões entre 40 a 60 metros quadrados, desde que não usem o terreno para fins comerciais ou produtos químicos

Só depois de conseguir a aprovação da mãe e da irmã é que o vereador da câmara da Nazaré, António Salvador, decidiu avançar com o projeto: disponibilizar os terrenos não cultivados da família para a criação de hortas.

Os candidatos mais carenciados terão prioridade sobre os outros, mas também se podem candidatar reformados, jovens casais ou quaisquer outras pessoas interessadas em experimentarem uma nova atividade.

"Se tivermos interessados que nunca tenham cultivado teremos a possibilidade de propor uma parceria a uma escola agrícola da região para realizar um workshop de formação básica aos novos agricultores", explicou, à agência Lusa, o vereador eleito pelo PSD.

Os talhões terão entre 40 a 60 metros quadrados e estão localizados próximo do Sítio, dentro da vila da Nazaré.

A família impõe, apenas, duas condições para a utilização dos terrenos: as culturas devem ser todas biológicas e não podem ter fins comerciais.

Os interessados podem inscrever-se no escritório de arquitetura do vereador (R. Mouzinho de Albuquerque, n.º 168).