Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Realizar sonhos através da comida e da caminhada

Atualidade

As comemorações do 35º aniversário da Make-a-Wish incluem comida com magia e uma caminhada nocturna

Não é a primeira vez que a Make-a-Wish, uma associação que se dedica a tornar reais os sonhos de crianças e jovens com problemas graves de saúde, lança o desafio do Wish Dish (prato solidário) a vários chefs portugueses. E também não é a primeira vez que eles aceitam colaborar. Este ano, a iniciativa serve para ajudar a realizar desejos, mas também para comemorar o 35º aniversário da instituição.

Até ao dia 1 de junho, vários restaurantes portugueses disponibilizarão o Wish Dish, um complemento decorativo e solidário opcional, criado com a ajuda de um chef, que acrescenta magia à refeição. Qualquer prato pode ser um Wish Dish desde que o cliente o peça e desde que faça um donativo de dois euros.

"Esta iniciativa permite-nos envolver mais portugueses com o poder da Make-a-Wish Portugal, aliando a gastronomia à solidariedade e ajudando a realizar desejos de crianças e jovens gravemente doentes", explica Mariana Carreira, responsável pela Fundação Make-a-Wish Portugal.

Entre os restaurantes que aceitaram este desafio solidário inclui-se o DOP com a assinatura do chef Rui Paula, o Volver do chef Chakall, o EMO do chef Bruno Rocha e o Claro! do chef Vitor Claro, entre outros.

Ainda a propósito do seu 35º aniversário (e dos 500 desejos realizados em Portugal), a Make-a-Wish está a organizar uma caminhada noturna, que se realizará a 9 de maio.

O evento sucederá simultaneamente em quatro cidades - Lisboa, Porto, Coimbra e Viseu - pelas 21 horas e servirá para iluminar cinco quilómetros (em cada cidade) com pequenas luzes led que serão transportadas pelos caminhantes no interior de balões.

A caminhada terminará sempre numa fonte: a Fonte Luminosa, em Lisboa; a Fonte dos Leões, no Porto; a Fonte da Sereia, em Coimbra; e a Fonte Luminosa, em Viseu.

As inscrições custam cinco euros por adulto e três por criança. 

A Make-a-Wish nasceu em 1980, quando a mãe de Christopher (um jovem com leucemia) pediu ajuda ao xerife local para que o seu filho conseguisse ser polícia por um dia, realizando o seu maior desejo. Hoje, mais de 300 000 crianças como o Chris já realizaram o seu maior desejo através desta fundação.