Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Portuguesa cria programa de doutoramento para os PALOP

Atualidade

  • 333

José Carlos Carvalho

A crise pode libertar o melhor de cada um. E o novo programa de pós-graduação da Fundação Gulbenkian é mais uma prova disso mesmo

Joana Gonçalves-Sá sabia que a ideia era boa: criar um programa de doutoramento vocacionado para os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e Timor-Leste. A ocasião não podia ser pior, mas não desistiu. E, nos seus tempos livres, a engenheira física e investigadora do Instituto Gulbenkian de Ciência urdiu uma formação em Ciências da Vida, ajustada às necessidades daqueles países.

Foi batendo a portas que se foram abrindo: o Governo de Cabo Verde arranjou o espaço para as aulas, farmacêuticas e empresas de equipamento deram material, a Fundação para a Ciência e Tecnologia ofereceu dez bolsas, o Executivo brasileiro outras tantas. Dos quatro cantos do mundo choveram e-mails de cientistas dispostos a dar aulas gratuitamente.

"A crise é motivadora, as pessoas querem ser úteis", revela a investigadora.

A magia aconteceu e, um ano e meio depois, o programa vai receber 20 alunos dos PALOP que se queiram aperfeiçoar numa área científica.

"Vamos apostar em áreas como a biologia das plantas e dos solos ou as doenças tropicais", diz Joana Sá. Os candidatos serão selecionados até outubro e em janeiro começam as aulas. O público-alvo são professores universitários dos PALOP que não tenham ainda feito o doutoramento ou licenciados na diáspora, com vontade de regressar aos seus países.

Estão garantidas quatro edições do programa, num regime de dedicação exclusiva dos alunos. Terminada a formação, o desafio será por em prática as novas aprendizagens, em países onde ainda falta quase tudo. Na calha está ainda uma formação semelhante destinada a médicos.

OS NÚMEROS DO PROGRAMA

1,5 ANOS tempo que demorou a preparar

200 cientistas de topo disponíveis para dar formação gratuitamente

60 países de origem dos cientistas que vão dar aulas

20 número de bolseiros que serão selecionados

4 edições do programa já garantidas