Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Parlamento Europeu abre estágios para pessoas com deficiência

Atualidade

Interior do edificio do Parlamento Europeu, em Bruxelas

Bruno Rascão

Até ao dia 15 de maio, os cidadãos europeus com deficiência podem candidatar-se a estágios de cinco meses no Parlamento Europeu

Estão abertas as candidaturas para a 11.ª edição do Programa de Estágios Remunerados para pessoas com deficiência no Parlamento Europeu. As vagas são divididas entre Bruxelas e o Luxemburgo.

Os estágios, com cinco meses de duração, são dirigidos a cidadãos nacionais de Estados-membros, com formação universitária ou não, que tenham completado 18 anos até à data de início do estágio, agendada para 1 de outubro deste ano.

Os profissionais terão direito a uma bolsa mensal (cerca de 1200 euros), um subsídio adicional relacionado com a doença, re-embolso das despesas de deslocação no início e no fim do estágio e um seguro de saúde.

O Parlamento Europeu pretende contribuir, desta forma, para a inserção dos cidadãos portadores de deficiência no mercado de trabalho, proporcionando uma experiência profissional única que valoriza o currículo dos participantes.

Mais informações em: 

http://www.europarl.europa.eu/aboutparliament/pt/007cecd1cc/Traineeships.html;jsessionid=B0FE34CC6A9CC2FA7DD83A75CBC5A6DB.node2.