Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Medidas de apoio aos mais carenciados são "muito pobres"

Atualidade

  • 333

Gonçalo Rosa da Silva

O presidente da Rede Anti-Pobreza (EAPN) considerou "muito pobres" as medidas de apoio prestadas aos mais carenciados

O presidente da Rede Anti-Pobreza (EAPN) considerou "muito pobres" as medidas de apoio aos mais carenciados, como as cantinas sociais, defendendo que a solução devia passar por atacar as causas que geram a exclusão social.

"As respostas que estão a ser dadas pelo Governo, como as cantinas e a emergência social, são muito pobres", disse o padre Jardim Moreira à margem do Seminário "O impacto da austeridade na pobreza", organizado pelo EAPN.

Apesar de considerar que as cantinas sociais são uma "ajuda essencial" para alimentar quem tem fome, Jardim Moreira disse que é preciso "atacar as causas" que geram a pobreza e a exclusão social.