Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Islândia, Liechtenstein e Noruega oferecem 5,8 milhões de euros a ONG portuguesas

Atualidade

  • 333

A Fundação Gulbenkain será a responsável pela distribuição dos fundos

Inácio Ludgero

A Fundação Gulbenkian será a gestora dos 5,8 milhões que serão doados a projetos de ONG nacionais

Em tempos de crise, a pertinência do Programa Cidadania Ativa/EEA não podia ser maior: "contribuir para a redução das disparidades económicas e sociais entre os países europeus".  

A Fundação Gulbenkian foi a instituição escolhida para gerir os fundos atribuídos pelo Mecanismo Financeiro do Espaço Económico Europeu (EEE) destinados às Organizações Não-Governamentais (ONG), que conta com donativos da Islândia, Liechtenstein e Noruega.

As ONG podem candidatar-se a um projeto anual, por cada domínio em que atuarem. É obrigatório desenvolver parcerias quando o financiamento necessário ultrapassar os 25 mil euros.

Podem ser apresentados a concurso dois tipos de projetos: grandes (de 25 até 125 mil euros) ou pequenos (de 10 mil até 25 mil euros). Os concursos serão feitos anualmente (em 2013, 2014 e 2015) e financiados a 90%.

As primeiras candidaturas começam em abril deste ano.

Mais informações em www.cidadaniaativa.gulbenkian.pt.