Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Em cinco anos, o número de sem-abrigo apoiados pela AMI aumentou 14%

Atualidade

  • 333

Gonçalo Rosa da Silva

A maioria é do sexo masculino, tem baixa escolaridade e está entre os 30 e os 60 anos

No ano passado, a Assistência Médica Internacional (AMI) apoiou 1683 sem-abrigo. Desde 2008, houve um aumento de 14% no número de pessoas apoiadas.

O perfil dos sem-abrigo que chegam à instituição mantém-se constante: 80% são portugueses, 79% são do sexo masculino, 72% têm idades entre os 30 e os 60 anos e a esmagadora maioria não vai além do 2.º ciclo de escolaridade.

Quase metade das pessoas que vivem nesta situação têm apoio de familiares a amigos (39%), 37% recebem o Rendimento Social de Inserção ou reforma, mas um quarto daqueles que recorreram à AMI no ano passado não têm qualquer tipo de apoio ou rendimento.