Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Desempregados podem entrar de graça no museu Guggenheim de Bilbau

Atualidade

  • 333

O Museu Guggenheim de Bilbau, em Espanha, decidiu deixar entrar à borla os desempregados

A decisão integra-se num programa de solidariedade chamado "Erdu" ("Vem", em basco), que pretende "aproximar o museu e mostrar o seu compromisso com as pessoas desempregadas numa conjuntura social tão desfavorável".

Para entrar de graça no museu de arte moderna e contemporânea, os desempregados têm que apresentar um documento oficial que comprove que estão sem trabalhar.

Atualmente, uma das exposições em destaque no museu é sobre a arte no período da Segunda Guerra Mundial.