Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Balões com sementes ajudam a reflorestar o Caramulo

Atualidade

  • 333

Lucília Monteiro

A prova da Rampa do Caramulo vai servir para os adeptos dos automóveis darem o seu contributo para a reflorestação do Caramulo

Durante a prova, que se realiza este fim de semana na serra do Caramulo, a Associação Portuguesa de Pilotos de Automóvel de Montanha (APPAM) vai fazer uma largada de balões biodegradáveis com sementes de árvores e arbustos locais dentro.

Espera-se que as sementes caiam em terreno fértil e que possam germinar, contribuindo para reflorestar a serra do Caramulo.

Também a organização do Caramulo Motorfestival vai entregar três mil árvores para plantação, dois mil pinheiros e mil carvalhos.

A iniciativa foi divulgada na página de Facebook do Museu do Caramulo e o diretor da instituição, Tiago Patrício Gouveia, classifica-a como uma "contribuição para minorar o prejuízo e reflorestar o Caramulo".

O incêndio do Caramulo chegou a ser combatido por 772 bombeiros, 233 veículos e contou com o apoio de meios aéreos portugueses, espanhóis e franceses.

Durante o combate, morreram em serviço os bombeiros Ana Rita Pereira, 24 anos, Bernardo Figueiredo, 23 anos, Cátia Dias, 21 anos, e o jovem Bernardo Cardoso, de 18 anos, acabaria por morrer no hospital.