Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Atelier de ex-reclusas abre primeira loja de malas e acessórios

Atualidade

  • 333

Imagem de arquivo do atelier Reklusa em Tires

José Caria

Já abriu a primeira loja de venda ao público do projeto Reklusa, que emprega reclusas e ex-reclusas

O Jardim das Amoreiras, em Lisboa, tem uma nova loja, a Reklusa Bags. Fundada há três anos, a Associação Projeto Reklusa é uma instituição de solidariedade social que procura integrar as mulheres com quem trabalha na vida ativa, dando-lhes emprego no atelier de criação dos acessórios de moda da marca.

O espaço da nova loja, com uma área de 80m2, foi cedido pela Câmara Municipal de Lisboa, mas precisa de obras. As responsáveis pela associação, duas voluntárias do Estabelecimento Prisional de Tires, Inês Seabra e Mafalda Lima Raposo, lançaram um apelo à sociedade civil numa plataforma de crowdfunding, que permite angariar dinheiro com a ajuda da comunidade, e conseguiram a quantia necessária para a remodelação: 2500 euros.

A associação colabora com o Estabelecimento Prisional de Tires e da Carregueira. A coleção da marca pode ser vista no site da Reklusa.