Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Palavra de cidadã de Vera Bonvalot

Ano da Cidadania

  • 333

Uma das diretoras da Novamente, Associação de apoio aos traumatizados Cranio Encefálicos, fala-nos da importancia de sensibilizar a sociedade para ter uma maior compreensão e acolher estes casos

"O traumatismo crânio-encefálico é a maior causa de morte e incapacidade em jovens adultos de todo o mundo, sendo considerado como a epidemia silenciosa" (Organização Mundial de Saúde). Apostamos na sensibilização da sociedade em geral para que tenha maior compreensão e acolha estes casos.

Pois o maior dano que o TCE causa é a dificuldade de se regressar a uma nova vida como uma pessoa diferente que frequentemente tem de procurar inserir-se num novo meio de amigos, objectivos e expectativas de futuro.

Trabalhamos na prevenção, pois a maioria dos casos de TCE que atingem jovens adultos dos 15 aos 50 anos resultam de acidentes rodoviários . Somos representantes na europa no Fórum Europeu para a Deficiência e unimo-nos a entidades que já estão ou poderão vir a estar a dar apoio a estes casos.

Sofrer um TCE é totalmente inesperado, pode acontecer a qualquer um de nós, a qualquer momento e exige uma longa e dura caminhada de força, coragem e persistência para a recuperação e reintegração na vida activa.

Defendemos, acompanhamos e apoiamos ao logo de todo o percurso, fazendo pontes entre entidades associadas à solução para que nunca nenhuma vítima de TCE fique desamparada.

A

Novamente nasceu a 8 Fevereiro de 2010 fruto das enormes dificuldades sentidas por um pai e seu filho que inesperadamente caiu e bateu de tal forma que sofreu um TCE. Desde esse dia, o filho iniciou um caminho de coma, operações, centenas de horas de terapias e muita luta por se constituir novamente como nova pessoa. E o pai, um novo caminho de construir um novo amor, encontrar as melhores soluções, procurar entender comportamentos e descobrir quais as melhores atitudes perante o filho e ambiente dele, procurar os seus direitos e obrigações, etc.

Um conjunto de fundadores começou por acreditar, fazendo nascer este projecto que representa já mais de 200.000 casos.

Damos apoio de acompanhamento continuo a 170 casos, fazemos formação a cuidadores, grupos de pares de vitimas de TCE e workshops informativos. Precisamos da ajuda e generosidade de todos para nos mantermos ao serviço destas vítimas de TCE que sem si e sem nós, não conseguem se transformar numa nova pessoa que se ama novamente. Seja amigo da novamente, basta enviar um email para geral@novamente.pt ou ir ao site www.novamente.pt"