Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Palavra de Cidadã de Isabel Alçada

Ano da Cidadania

  • 333

Em nome da literacia dos mais desfavorecidos

" Antes de mais, é preciso dizer que é muito importante o Estado assumir o seu papel e providenciar apoio a quem mais precisa. Mas isso não pode invalida o papel de cada cidadão nesse domínio. A cidadania tem de passar também por olharmos para quem está mais próximo - às vezes, ajudamos comunidades de outros continentes e esquecemo-nos de quem está do outro lado do patamar. 

No meu caso, como me dediquei à leitura (como autora, professora, ou em projetos como a Rede das Bibliotecas Escolares e o Plano Nacional de Leitura) penso que a sua promoção é um dever de todos. Todos devemos envolvermo-nos na promoção da leitura, disponibilizando algum do nosso tempo para ler para os outros - para os que não sabem e para os que mais precisam.  

É muito importante que todos leiam: com os filhos, os sobrinhos, os afilhados  - mas também em escolas, bibliotecas, hospitais, centros de dia, para que todos beneficiem desse estímulo.

Foi a pensar nisso que criei um projeto de voluntariado de leitura, associada ao Centro de Investigação de Tecnlogia Interativa da Universidade Nova de Lisboa. Desde já deixo aqui o convite: quem quiser associar-se, é só ir a a voluntariosdaleitura.org. "