Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Ocupa o espaço, torna-o público

Ano da Cidadania

  • 333

De 12 a 16 de Novembro, a Academia Cidadã desafia-nos a preparar alternativas para o futuro

O primeiro debate da história com os movimentos que organizaram as grandes manifestações dos últimos anos (dia 14), outro com comunidades e projetos sustentáveis portugueses (dia 13), uma oficina para trabalhar temas como igualdade e discriminação (dia 12), uma noite de cinema com uma obra-prima do processo revolucionário do 25 de Abril (dia 15), intervenções e reflexões artísticas e uma festa no último dia, são algumas das propostas da Academia Cidadã.

Para que servem as grandes manifestações? Produzir a própria comida e energia é assim tão difícil? A construção de habitação em comunidade resolve o problema de quem não tem casa? Praticamos os direitos humanos no nosso dia-a-dia? Podem os cidadãos salvar a Cultura ou é uma obrigação exclusiva do Estado?  

"Estamos a lançar o debate. Queremos formular alternativas políticas, económicas e sociais à austeridade, que nos destrói como indivíduos e como comunidade. Queremos que as pessoas se juntem, saiam de casa e venham refletir connosco para, no futuro, actuarmos melhor e em cooperação. Todos os eventos da semana serão gratuitos e organizados por um grupo de voluntários da Academia Cidadã que se recusa a emigrar", afirma João Labrincha, da organização.   

Como ir

Galeria Carpe Diem, Sala da Nação - Embaixada de Terra Nenhuma,Rua de O Século, 79, Bairro Alto. 1200-433, Lisboa. 

ACESSOS:  Metro (Baixa-Chiado ou Rato), Electrico (28)

Os eventos serão transmitidos em directo pela internet (http://justin.tv/academiacidada).