Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Pernas para que vos quero!

Agenda

  • 333

No próximo fim de semana há corridas, danças, marchas ou caminhadas destinadas a apoiar causas nobres

Começa no sábado, dia 2, só termina no sábado seguinte, dia 9, uma maratona de cinco corridas, danças e caminhadas solidárias que se realizam de Norte a Sul do País.

Em Portimão, pelas 9h30 da manhã de sábado, 2, arranca no Parque de Feiras e Exposições da cidade uma marcha a favor de crianças e jovens em risco. "Patrocinada" pelo Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio, esta ação pretende, acima de tudo, alertar a comunidade para a importância da promoção dos direitos e a proteção dos mais novos. O seu lema é: "Dê a mão às crianças e caminhe pela prevenção dos maus tratos".

Em Viseu, também no dia 2, realiza-se o evento "Dança Seis Horas por uma Causa", entre as 18h e as 24h, na sede da Enérgica - Associação Juvenil de Viseu. Organizado pelo atelier de dança Alidanças e pela Energética, o encontro desportivo e recreativo destina-se a angariar verbas para delegação viseense da Acapo.

No dia seguinte, 3, em Oeiras, a Marginal estará fechada ao trânsito nos dois sentidos, entre Caxias e Carcavelos, das 9h às 13h, no âmbito da iniciativa da Câmara Municipal chamada "Mexa-se na Marginal". É aí, pelas 9h30, que se realizará a IV Caminhada pela Fertilidade, organizada pela Associação Portuguesa da Fertilidade. O evento pretende chamar a atenção para o facto de existirem 300 mil casais portugueses com dificuldade em engravidar.

Um pouco mais acima, em Gondomar, e ainda no dia 3, realiza-se uma outra caminhada solidária para ajudar a Márcia, uma jovem de 19 anos a quem foi diagnosticado cancro do útero, em 2010, e cancro nos pulmões, mais recentemente. Estar marcha parte do Pavilhão Multiusos de Gondomar, às dez da manhã, estende-se por seis quilómetros e tem a participação especial da atleta olímpica: Jessica Augusto. Cada inscrição vale, no mínimo três "passos" e a ideia é angariar "passos" suficientes para ajudar a causa da Márcia.

A "temporada" só acaba, no sábado seguinte, dia 9, em Lisboa, com a Corrida de Santo António. A Praça D. Pedro IV, no Rossio, recebe a partida, pelas 17h, e a chegada, duas horas depois. Esta corrida reverte a favor da CASA - Apoio ao Sem-Abrigo. Aliás, os 1.700 atletas inscritos até ao momento já sabem que, no dia do evento, deverão levar consigo bens alimentares não perecíveis e produtos de higiene que serão doados à CASA.

É caso para dizer que a moda das corridas e caminhadas solidárias veio para ficar. Pernas para que vos quero!