Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Banco dos Medicamentos entregou 515 embalagens

Agenda

  • 333

Luís Barra

O Banco dos Medicamentos entregou desde sábado, dia de arranque oficial do portal, 515 embalagens a idosos carenciados

O Banco dos Medicamentos entregou desde sábado, dia de arranque oficial do portal, 515 embalagens a idosos carenciados, 11 por cento dos pedidos efetuados pelas instituições sociais, anunciou fonte governamental.

Desde sábado, foram doadas ao Banco de Medicamentos 11.305 embalagens de fármacos. As instituições sociais encomendaram 4.552 e os laboratórios já entregaram 515.

O secretário de Estado da Solidariedade e Segurança Social, Marco António Costa, adiantou que, em janeiro, o portal vai disponibilizar produtos de higiene pessoal e conforto para idosos à guarda de instituições sociais.

Marco António Costa falava em Lisboa, durante o balanço dos primeiros quatro dias de funcionamento do Banco do Medicamentos, plataforma na Internet na qual as empresas farmacêuticas doam fármacos às instituições sociais, que posteriormente os distribuem pelos idosos com mais baixos recursos financeiros.

No portal estão registadas, até à data, 19 empresas farmacêuticas e 57 instituições sociais, a maioria misericórdias.

O secretário de Estado da Solidariedade e Segurança Social destacou a "grande utilidade" da iniciativa, que envolveu a parceria da Segurança Social, da indústria farmacêutica e das misericórdias.

O funcionamento do Banco de Medicamentos pressupõe que os mais idosos possam ter medicamentos gratuitos, através das doações feitas diretamente pelas empresas farmacêuticas às instituições sociais que disponham de serviços médicos e farmacêuticos.

Trata-se de medicamentos e produtos de saúde com prazo de validade não inferior a seis meses, mas que estão em perfeitas condições de segurança e qualidade para serem utilizados pelos utentes das instituições que mais precisam.

Cabe à União das Misericórdias Portuguesas identificar e certificar as instituições que vão beneficiar do projeto e verificar se os pedidos de medicamentos são adequados às necessidades dos idosos.

À autoridade nacional do medicamento (Infarmed) compete a gestão do portal, garantindo a segurança do processo da dádiva dos fármacos.

De acordo com o Programa de Emergência Social, o Governo estima conseguir distribuir entre 30 mil a 35 mil embalagens de medicamentos, salvaguardando que a medida será sempre fiscalizada.