Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

A AMI quer as radiografias de que já não precisa

VISÃO Solidária

  • 333

Fernando Veludo / NFactos

As radiografias com mais de cinco anos ou sem valor de diagnóstico podem ajudar a AMI a angariar fundos. Nos últimos vinte anos, foram recolhidas quase 1600 toneladas de radiografias no âmbito desta campanha

As radiografias sem valor de diagnóstico ou com mais de cinco anos podem ser entregues nas farmácias de todo o país até 4 de outubro.

Caberá, depois, à AMI, presidida por Fernando Nobre, colunista da VISÃO Solidária, o encaminhamento das radiografias para a reciclagem, que permite a extração da prata presente neste tipo de exames médicos.

Com a venda da prata, a AMI espera angariar fundos suficientes para garantir o funcionamento de um dos dezasseis centros sociais da organização durante um ano.

Em vinte anos, a campanha recolheu quase 1600 quilos de radiografias, obtendo 16 mil quilos de prata (cerca de 800 quilos por ano).