Visão Solidária

Siga-nos nas redes

Perfil

Tem ténis de que já não precisa? A Helpo precisa deles

VISÃO Solidária

  • 333

Os atletas Francis Obikwelu (que estará em Oeiras) e Dulce Félix (em Vila Real) apadrinham a corrida e também vão estar presentes na entrega de calçado em Moçambique, onde a Helpo apoia mais crianças

José Carlos Carvalho

A 6.ª Corrida Solidária Internacional da Helpo, além de angariar fundos através da inscrição dos participantes, também vai recollher ténis que serão, depois, doados a crianças que não têm calçado para irem à escola

Fazer exercício, perder algumas calorias ou passar uma manhã bem passada são alguns dos objetivos da Corrida da Helpo, mas o principal fim da iniciativa é angariar fundos para esta instituição que presta apoio ao desenvolvimento, sobretudo ao nível da Educação, em países como Moçambique ou São Tomé e Príncipe.

A reabilitação de salas de aula, a instalação de sistemas de aproveitamento de águas pluviais ou a criação de bibliotecas são alguns dos projetos desenvolvidos pela Helpo.

A corrida está agendada para domingo, 16 de outubro, às 10h da manhã, e irá decorrer simultaneamente em duas cidades, Vila Real e Oeiras. No final do mês, será a vez de Maputo, Nampula, Pemba, Ilha de Moçambique e São Tomé receberem a prova.

A inscrição no evento custa €10 para os atletas que queiram participar na corrida (10 km) e €5 os que prefiram a caminhada (5 km) e podem ser feitas aqui, até 30 de setembro.

Além da corrida, a instituição presidida por António Perez Metelo também irá fazer uma recolha de ténis, essenciais para que muitas das crianças apoiadas pela associação em Moçambique e São Tomé e Príncipe possam ir à escola.

No norte de Moçambique, onde a Helpo apoia 16 mil crianças, a maior parte das crianças não tem calçado, sendo que o uso de sapatos é obrigatório para os alunos que frequentem a escola além do 7.º ano. Sem eles, não podem assistir às aulas.

Por isso, a organização apela aos participantes na corrida para aproveitarem a ocasição e doarem calçado.

Os atletas Francis Obikwelu (que estará em Oeiras) e Dulce Félix (em Vila Real) apadrinham a corrida e também vão estar presentes na entrega de calçado em Moçambique, onde a Helpo apoia mais crianças, agendada para 30 de outubro, data da prova em Moçambique e em São Tomé e Príncipe.