Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mudar o mundo num gesto de cada vez: palhinhas de bambu distribuídas com a VISÃO

Iniciativas

Troque as palhinhas de plástico por uma opção ecológica: procure nas bancas as palhinhas de bambu com kit de limpeza distribuídas com a VISÃO por apenas €1

Não podemos mudar o mundo num só dia, mas podemos mudar os nossos hábitos diários a pensar no planeta. É por isso que a VISÃO decidiu, num gesto simbólico, distribuir com a revista uma palhinha de bambu com o respetivo kit de limpeza, para que possa reutilizar em vez de gastar plásticos de consumo único.

Um dos grandes problemas é que as palhinhas de plástico – que demoram cerca de 400 anos a ser absorvidas pela Natureza – não são facilmente recicláveis e acabam, na maioria das vezes, por ir parar aos oceanos. Por isso, a compra de palhinhas de bambu é um voto a favor dos materiais sustentáveis.

À venda com a VISÃO durante mais duas semanas, por apenas mais €1, estará um kit com uma palhinha 100% biodegradável, resistente e fácil de usar e um escovilhão para a limpar. Porque um simples gesto seu também pode mudar o mundo. Procure-as na banca antes que esgotem!

OS FACTOS

1. Estamos constantemente rodeados de plástico – pode ser usado para diversas finalidades e é barato. No entanto, precisa em média de 500 anos para se decompor.

2. Cerca de 13.000 partículas de plástico são encontradas em cada Km2 da superfície dos oceanos.

3. Não há uma estimativa fidedigna do valor certo de palhinhas gastas diariamente no mundo, mas calcula-se que sejam muitos milhões diários.

4. A maior parte das palhinhas acaba no oceano poluindo as águas e ameaçando a vida marinha. Estima-se que 71% das aves marinhas e 30% das tartarugas tenham ingerido plástico oceânico, provocando uma taxa de mortalidade elevada entre a fauna marinha.

5. Uma palhinha de plástico demora cerca de 400 anos a ser absorvida pela natureza.

6. Apesar das palhinhas não serem necessárias para a grande maioria das pessoas, quem não dispensa do seu uso pode fazê-lo sem prejudicar o meio ambiente – basta escolher um produto reutilizável, em vez de descartável.