Lousã, 08 ago (Lusa) - O incêndio que deflagrou hoje à tarde em Serpins, Lousã, foi dado como circunscrito às 21:30, depois de ter consumido cerca de 250 hectares de floresta, disse à agência Lusa o comandante operacional do distrito de Coimbra.

No combate às chamas, que ameaçaram uma zona industrial e chegaram perto da aldeia do Pico, estiveram cerca de 400 bombeiros, apoiados por quase uma centena viaturas e por cinco meios aéreos.

O comandante António Martins adiantou que parte do efetivo vai ficar de prevenção durante a noite para acautelar eventuais reacendimentos.