Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Vêm aí mais 166 projetos turísticos

Imobiliário

O turismo continua a movimentar milhões e em apenas seis meses entraram em licenciamento mais de uma centena e meia de novos projetos. O Norte e o Alentejo, em especial os concelhos de Grândola e Santiago do Cacém, estão entre as regiões mais concorridas

Nos primeiros seis meses de 2019 entraram em processo de licenciamento um total de 166 empreendimentos turísticos em Portugal Continental, conforme os dados apurados pela Confidencial Imobiliário. A contabilização foi feita a partir dos pré-certificados energéticos emitidos pela ADENE (Agência da Energia) e abrange todo o tipo de projetos de uso turístico como hotéis, hostels, residenciais, pousadas, aldeamentos turísticos, unidades de turismo rural ou parques de campismo, entre outros.

De acordo com os dados referentes ao 1º semestre, as regiões Norte e Alentejo são as mais dinâmicas, registando em pipeline, respetivamente, 36 (22%) e 32 (19%) projetos turísticos, com as restantes regiões a concentrarem carteiras de entre 29 a 20 projetos, ou seja, com quotas que variam entre os 12% e 17%. A Área Metropolitana de Lisboa apresenta um pipeline de 29 projetos e a Área Metropolitana do Porto de 25 projetos.

Os concelhos de Grândola e Santiago do Cacém, ambos na Costa Atlântica, estão em alta concentrando respetivamente, 6 e 5 novos projetos turísticos no semestre. Vila Nova de Gaia é outro concelho com bastante dinâmica no imobiliário turístico, acolhendo 4 projetos, seguindo-se Matosinhos com 3 projetos, carteira igualada por Cascais, Mafra e Loures, na AM Lisboa; e em Loulé, Castro Marim, Lagoa e Aljezur, todos no Algarve.