Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Férias - quais as regiões mais baratas e as mais caras para arrendar casa

Imobiliário

Karol Kozlowski/robertharding

O distrito de Faro é imbatível em termos de quantidade de oferta; o de Santarém é o que apresenta os preços mais caros por uma semana de férias, enquanto o de Coimbra é o mais barato

Marisa Antunes

Portugal está em alta no turismo e novas unidades de alojamento local vão-se multiplicando de norte a sul do País mas quando o tema são as férias o Algarve continua imbatível.

Um estudo da plataforma da OLX, a partir da amostra da última semana de junho, que registou 3 163 anúncios na categoria de casas de férias, concluiu que 60,7% da oferta se refere à região de Faro, seguindo-se Setúbal (7,7%), Leiria (7,1%), Lisboa (6,6%) e Porto (4,1%).

E o número de casas de férias anunciadas no OLX cresceu : quando se comparam os valores do período de janeiro a maio de 2018 com o mesmo de 2019, percebe-se um acréscimo de 8,9% no números de anúncios publicados. Relativamente à distribuição da oferta por região, conclui-se que no distrito de Faro esta é maior em Portimão, Albufeira, Loulé e Vila Real de Santo António.

Quanto custa uma semana de férias

O preço de uma semana de férias no distrito de Santarém ronda, em média, os €764, valor mais alto do País e que representa a maior subida em relação ao ano anterior (41%).

Os maiores aumentos no preço médio por semana, entre 2018 e 2019, além de Santarém, ocorreram em Beja (8%), Setúbal (7%), Faro (3%) e Leiria (1%). Os distritos com maior decréscimo neste indicador foram Coimbra (-16%) e Porto (-9%).

No top 3 entre os distritos com os preços mais altos (por semana), a seguir a Santarém, surge Viana do Castelo (€681) e Braga (€626). Já Coimbra (€285) e Leiria (€381) registam os preços mais baixos.

Analisando apenas a região com mais procura e oferta de casas de férias no OLX no distrito de Faro (que corresponde a todo o Algarve), verifica-se um aumento do preço médio por semana nos T1 (1%), T2 (2%) e T3 (6%).

CONHEÇA A NOVA EDIÇÃO DIGITAL DA VISÃO. LEIA GRÁTIS E TENHA ACESSO A JORNALISMO INDEPENDENTE E DE QUALIDADE AQUI