Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Casas no Porto com valorização acima dos 30%

Imobiliário

Lucilia Monteiro

As zonas menos centrais da Invicta estão a registar aumentos significativos de preços no seu imobiliário residencial. No centro histórico, a tendência é para a estabilização

Lisboa não tem o exclusivo na subida acentuada dos preços das casas. Também o Porto tem estado sobre grande pressão nos anos mais recentes. Números divulgados hoje pela Confidencial Imobiliário mostram que o preço das casas num contexto mais amplo da cidade do Porto subiu acima dos 30%, em média, em 2018 (bastante acima dos 12% registados no final de 2017), conclui-se no barómetro do Índice de Preços do Centro Histórico do Porto, apurado pela Confidencial Imobiliário.


Já o Centro Histórico do Porto (CHP) subiu 8,1% em termos homólogos no 2º semestre de 2018, um crescimento ainda assim "mais brando do que os 14,6% que tinha registado no semestre anterior". Tal subida é também "a segunda mais suave do ciclo de valorização sentido desde 2012, no qual o crescimento homólogo do preço das casas neste território andou predominantemente acima dos 10%, chegando a atingir os 21,5%".

Em termos semestrais, o preço do CHP manteve-se mesmo inalterado no 2º semestre, registando uma variação residual de 0,1%. "Esta variação semestral vem pôr fim a um ciclo de subidas em cadeia que, entre 2014 e o 1º semestre de 2018, chegaram a atingir 10,6% e que estiveram quase sempre acima dos 5%, ficando-se em 8,0% no 1º semestre de 2018".

Ainda assim, ao passo que os preços na cidade apresentam uma recuperação acumulada de 69% face ao ponto em que atingiram o seu mínimo nos últimos 10 anos (3º trimestre de 2015), no CHP o mercado subiu 146% face a esse mesmo marco, neste último caso registado em 2010.

ASSINE AQUI E GANHE UM SACO. Ao assinar está a apoiar o jornalismo independente e de qualidade – essencial para a defesa dos valores democráticos em Portugal