Segundo o despacho de acusação, a que a agência Lusa teve acesso, uma das vítimas - hoje com 16 anos - é sobrinha neta do arguido, com quem viveu mais a esposa deste, em Benavente, entre os dois e os 12 anos, por decisão judicial.

De acordo com o MP, entre 2005 e 2008, o arguido terá abusado da criança em qualquer divisão da casa onde ambos viviam, ou no carro em que este a transportava, desde que estivessem sós. Em 2005 a criança tinha 9 anos.