Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Edição especial da VISÃO História sobre Mário Soares

Visão História

Está nas bancas um número extra no qual se recorda a vida de uma figura ímpar da história contemporânea de Portugal. António Arnaut, Francisco Seixas da Costa e José Manuel dos Santos são algumas das personalidades que relembram, em artigos inéditos, Mário Soares, numa edição que conta também com um texto de Diogo Freitas do Amaral

Mário Soares é provavelmente uma das figuras europeias com uma mais longa carreira política: 74 anos mediaram a primeira vez que foi preso pela PIDE, com apenas 17 anos, e o seu último gesto político ativo, aos 91 anos.

Todo esse percurso de sete décadas - que se confunde com a história de Portugal e, até, do mundo - é minuciosamente recordado neste número especial, com 124 páginas (um número superior ao das edições de série), que conta com um leque de artigos escritos propositadamente para a VISÃO História.

António Arnaut, o ‘pai’ do Serviço Nacional de Saúde, lembra a fundação do Partido Socialista. O historiador David Castaño, autor do livro 'Mário Soares e a Democracia', analisa a ação fulcral de Soares na transição para o regime democrático. O embaixador Francisco Seixas da Costa examina o papel decisivo de Mário Soares na ligação de Portugal à Europa. José Manuel dos Santos, seu assessor cultural em Belém, retrata-o na intimidade: nos gostos, nas leituras, na forma de trabalhar, na relação com os outros. Republicamos também um artigo de opinião de Diogo Freitas do Amaral sobre Mário Soares enquanto Presidente da República. Numa entrevista exclusiva, o ex-líder do PSOE Felipe González discorre sobre a dimensão internacional da sua ação.

O percurso ímpar de Mário Soares não é relembrado apenas pelas palavras de outros, mas também pelas palavras do próprio: este número da VISÃO História reúne uma série de artigos que o antigo Presidente da República escreveu para a VISÃO e para a VISÃO História, nomeadamente sobre o seu exílio em São Tomé e a adesão de Portugal à Comunidade Europeia.

Profusamente ilustrado, o número da VISÃO História conta ainda com a colaboração de Henrique Monteiro, antigo diretor do Expresso, que nos anos 80 acompanhou o PS, e de Filipe Luís, editor executivo da VISÃO.

Esta edição especial pode ser encomendada desde já a partir do telefone 21 469 88 01 (dias úteis da 9h às 19h). Se é assinante da VISÃO História, e visto que se trata de uma edição extra (para lá das seis anuais), terá de usar o mesmo telefone para a receber em casa, usufruindo de um desconto de 10% e da oferta dos portes de correio.

Sumário

O «animal» político Nas 13 vezes que se apresentou a eleições, Mário Soares arrecadou 3 625 520 votos. Confira os resultados que obteve depois do 25 de Abril, eleição a eleição

Nascido para liderar A extraordinária vida do mais influente 
político português do último quartel 
do século XX dava um filme. Da casa paterna, 
onde incorporou o espírito republicano 
de velhos conspiradores, aos grandes palcos mundiais da política global. Mas o «Velho Leão» 
fica no imaginário popular como «o Bochechas». Por Filipe Luís

Um sonhador pragmático O Partido Socialista nasceu graças à teimosia virtuosa e ao pragmatismo sonhador de Mário Soares. Por António Arnault

A transição para a democracia O grande contributo de Mário Soares foi garantir 
que os partidos políticos não fossem ostracizados 
e se conseguissem afirmar durante o difícil período de confronto entre legitimidade revolucionária e legitimidade eleitoral. Por David Castaño

O mito 
da descolonização Para muitos portugueses, Mário Soares ainda 
é o principal responsável pela descolonização. 
Mas a História desmentirá isso

O nosso 
primeiro Estabeleceu o Serviço Nacional 
de Saúde e assinou a adesão europeia 
em dois momentos de coligação com 
a direita. Estas e outras histórias de Mário Soares como chefe de Governo. Por Henrique Monteiro

Zangas e pazes Inimigos, adversários, zangas e pazes enquanto co-fundador do regime democrático

Frases que ficam O que outros disseram sobre eles

Alma europeia Com um Portugal convulso, arruinado e com um traume colonial a resolver, Soares percebeu que era a Europa que nos podia «salvar». Por Francisco Seixas da Costa

Entrevista exclusiva a Felipe González O antigo líder do PSOE e chefe do governo espanhol entre 1982 e 1996 considera Mário Soares, nesta entrevista exclusiva à VISÃO, uma das grandes figuras do socialismo democrático

O amigo francês, o amigo alemão - e os outros amigos Como era a relação de Mário Soares com outras personalidades da política mundial, nomeadamente Françoids Mitterrand e Willy Brandt

Presidente com asas Quase todos os portugueses se indentificaram com ele, num ou noutro momento. Por Diogo Freitas do Amaral

O mundo a seus pés O mapa mundial e o mapa nacional das viagens do Presidente Soares

Um fax quase fatal Macau pontuou a situação em que Soares esteve mais próximo de ver destruída a sua carreira política

Memória guardada A Fundação Mário Soares, que começou com a digitalização dos 2 milhões de documentos
do espólio de Soares, é hoje uma gigantesca rede com 1,7 milhões de páginas

Viver para contá-la Cronologia de uma vida que se funde com a História 
de Portugal nos últimos quase cem anos

Uma vida livre Mesmo na morte, a palavra que melhor o diz é a vida.Havia nele uma vitalidade que alimentava a vitalidade dos outros. Retrato na intimidade. Por José Manuel dos Santos

Par lui-même Uma coleção de frases reveladora de múltiplas facetas

Páginas tantas Soares foi sempre, não só um escritor, como um escritor prolixo. Ao todo são mais de uma centena de títulos que deixa editados

Para saber mais Entrevistas e biografias que ajudam a conhecer melhor a vida extraordinário do político

O caminho faz-se caminhando Quanto tempo Soares dedicou, ao longo da sua vida, a cada um dos seus combates e cargos políticos

Textos de Mário Soares

Como vivi a queda de Salazar 
e a primavera invernosa de Marcelo Caetano

Política e coragem

Portugal e a União Europeia

Cunhal, cem anos depois

  • Visão História

    Está nas bancas um número extra no qual se recorda a vida de uma figura ímpar da história contemporânea de Portugal. António Arnaut, Francisco Seixas da Costa e José Manuel dos Santos são algumas das personalidades que relembram, em artigos inéditos, Mário Soares, numa edição que conta também com um texto de Diogo Freitas do Amaral

  • Revistas

    Está nas bancas um número extra no qual se recorda a vida de uma figura ímpar da história contemporânea de Portugal. António Arnaut, Francisco Seixas da Costa e José Manuel dos Santos são algumas das personalidades que relembram, em artigos inéditos, Mário Soares, numa edição que conta também com um texto de Diogo Freitas do Amaral

  • Visão História

    Está nas bancas um número extra no qual se recorda a vida de uma figura ímpar da história contemporânea de Portugal. António Arnaut, Francisco Seixas da Costa e José Manuel dos Santos são algumas das personalidades que relembram, em artigos inéditos, Mário Soares, numa edição que conta também com um texto de Diogo Freitas do Amaral

  • Visão História

    Está nas bancas um número extra no qual se recorda a vida de uma figura ímpar da história contemporânea de Portugal. António Arnaut, Francisco Seixas da Costa e José Manuel dos Santos são algumas das personalidades que relembram, em artigos inéditos, Mário Soares, numa edição que conta também com um texto de Diogo Freitas do Amaral