Ícaro I, Ícaro II, Catedral, Guardião I, Guardião II e Tágide, são 6 esculturas de grande escala, da autoria do artista plástico Rogério Timóteo, gigantes que vão estar expostos até dia 4 de julho neste espaço.

Apesar das obras serem de grande dimensão, construídas com materiais como a resina e o ferro, para as observar será necessário levantar a cabeça e olhar para cima, pois estas encontram-se suspensas.

A exposição intitulada O Sagrado e o Profano (demorou cerca de 8 meses a ser preparada) é uma boa oportunidade para ter contacto com o trabalho de Rogério Timóteo expôs recentemente em Nova Iorque, artista cujas obras podem ser vistas em diversos espaços públicos do País.

Até ao fim da mostra, que será a 4 de julho, aos sábados, será realizado um workshop de abordagem à modelação do barro orientado pelo artista. Começa pelas 16 horas e é gratuito.



O SAGRADO E O PROFANO
Museu Arqueológico do Carmo, Lg. do Carmo, Lisboa
Até 4 Jul
Seg-Sáb 10h-19h
€3,50