Funchal, 20 jun (Lusa) - O presidente do Marítimo, Carlos Pereira, garantiu hoje que o clube só irá contratar reforços caso consiga vencer algum dos seus ativos, nomeadamente os avançados Sami e Danilo Dias, futebolistas por quem existem propostas concretas.

O líder "verde-rubro" recebeu hoje no complexo do clube, em Santo António, no Funchal, a visita do Ministro da República para a Madeira, Irineu Barreto, e na ocasião frisou que a grande aposta "será cada vez mais a formação".

"O Marítimo não tem dinheiro para contratar reforços e só o fará se conseguir vender algum jogador", adiantou, confirmando a existência de propostas para a venda de Danilo Dias e Sami, embora nenhuma delas "atinja os valores pretendidos".