Braga, 21 ago (Lusa) - O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) atribuiu hoje a Custódio, do Sporting de Braga, um cartão amarelo no jogo com o Benfica e retirou o segundo cartão amarelo e respetivo vermelho mostrado a Douglão.

O defesa central brasileiro tinha sido expulso no Estádio da Luz, no sábado, na primeira jornada do campeonato, num lance que motivou a grande penalidade que deu origem ao segundo golo dos "encarnados", mas as imagens televisivas mostraram com evidência que foi Custódio a cortar a bola com o braço.

A equipa de arbitragem, chefiada por Artur Soares Dias, equivocou-se e, em vez de admoestar o médio, deu o segundo cartão amarelo a Douglão e respetivo vermelho, passando o Sporting de Braga a jogar com 10 unidades a partir dos 71 minutos.