As massas de água que atravessaram na segunda-feira diversas localidades situadas a ocidente de Brisbane, a capital deste estado australiano, mataram pelo menos quatro pessoas, elevando para oito o número de vítimas mortais causadas pelas inundações, disse Anna Bligh, primeira-ministra de Queensland, admitindo que o número de vítimas possa ainda aumentar.

Pouco antes, o coordenador das ações de socorro nesta região, Ian Stewart, tinha anunciado à cadeia de televisão Nine Network que 72 pessoas estavam dadas como desaparecidas depois das novas inundações.