Exame

Siga-nos nas redes

Perfil

Farfetch lança 36 estágios pagos

Exame

DR Farfetch

Candidaturas para a quarta edição do programa Plug-in decorrem até 30 de junho.

A Farfetch, plataforma eletrónica de venda de moda de luxo, abriu concurso para 36 vagas de estágios remunerados de seis meses, dirigidos a alunos recém-formados em áreas ligadas a tecnologia e produto e que vão decorrer a partir de setembro em Lisboa, Porto e Braga.

As candidaturas decorrem até 30 de junho e dirigem-se a pessoas que se tenham graduado recentemente em áreas como information systems, security, architecture, infrastructure, engineering (tecnologia) e product design, back office products, product general, product analytics, product data science (produto).

Para entrarem nesta que é a quarta edição do programa Plug-in os candidatos têm de passar por uma fase inicial de avaliação (perfil e entrevista), além de participar num evento técnico de um dia (hackaton) a decorrer nos escritórios da empresa em Lisboa e no Porto.

Os estágios vão decorrer em contexto real de desenvolvimento de projetos e com acompanhamento de especialistas da empresa, refere um comunicado da organização liderada por José Neves (na foto), que abre ainda a porta à permanência dos estagiários na empresa: dos 104 que já participaram no conjunto das três edições, 99 ficaram a trabalhar nos serviços da plataforma.

Na semana passada a companhia, fundada a partir de Portugal e que cota em Nova Iorque, reportou um prejuízo no primeiro trimestre de 2019 que foi mais do que o dobro do resultado negativo verificado um ano antes - 109 milhões de dólares antes de impostos -, apesar de uma subida de quase 40% das receitas. A administração justificou os resultados com o aumento do impacto do efeito cambial e a subida das despesas operacionais.