Exame

Siga-nos nas redes

Perfil

Já estão abertas as inscrições para as Melhores Empresas Para Trabalhar 2019

Exame

Iniciativa da EXAME, em parceria com a Everis e a AESE, já arrancou. A partir de agora, as empresas já podem concorrer ao prémio que tem lugar anualmente desde 2001. Conheça todas as condições.

A revista EXAME arranca mais uma vez com a elaboração do estudo Melhores Empresas para Trabalhar em Portugal, importante análise destinada a aferir o índice global de satisfação dos colaboradores no seu local de trabalho e o seu grau de compromisso com a empresa para a qual trabalham. A revista de negócios foi o primeiro órgão de comunicação social a publicar esta lista no mercado nacional, em 2001, galardão que se mantém até hoje.

Tal como nas últimas edições serão 100 as empresas distinguidas neste prémio e que usufruirão - tal como todas as outras participantes que não cheguem a entrar na lista - de um relatório pormenorizado da sua participação e de uma análise comparativa com empresas similares do mesmo setor de atividade. Trata-se da maior análise alguma vez realizada no território nacional sobre a satisfação dos colaboradores nos seus locais de trabalho.

As inscrições para a iniciativa Melhores Empresas para Trabalhar de 2019, que resulta de uma parceria entre a revista EXAME, a consultora Everis e a escola de Negócios AESE, abrem hoje e prolongam-se até 14 de Junho. A sua empresa poderá candidatar-se através do site www.mept.pt desde que preencha os requisitos necessários: que possua 10 ou mais colaboradores efetivos, ou seja, que pertençam aos quadros da empresa, ou que tenham gerado um volume de negócios superior a dois milhões de euros em 2018 (ver caixa em baixo).

Na edição do ano passado, em saíram vencedoras a Xerox Portugal, a Unbabel e a Edge (três primeiras posições), as empresas participantes tinham um universo global de 28 mil colaboradores.

Quem pode participar

Poderão inscrever-se no Prémio Melhores Empresas para Trabalhar 2018 todas as organizações que cumpram cumulativamente os seguintes critérios:

  • Qualquer empresa ou organização do setor privado, independentemente da sua natureza jurídica, ou qualquer entidade do setor empresarial do estado
  • Terão de cumprir os seguintes critérios de dimensão, considerando o final do 2018:

- Possuam 10 ou mais colaboradores (com contrato individual de trabalho, com ou sem termo, ou contrato de trabalho em funções públicas) ou que

- Tenham gerado um volume de negócios superior a 2 milhões de euros

A participação na iniciativa “Melhores Empresas para Trabalhar de 2019 é totalmente gratuita para as empresas candidatas.

A iniciativa está dividida em várias fases:

  1. Abertura do período de inscrição das empresas
  2. Início do processo de seleção das Melhores Empresas para Trabalhar com o registo dos colaboradores e disponibilização aos colaboradores dos acessos aos questionários e às práticas das empresas
  3. Análise e consolidação dos resultados
  4. Visita dos jornalistas às organizações finalistas
  5. Divulgação de resultados